Passar para o conteúdo principal

Potenciais desafios da terapêutica com bomba de insulina

“Este produto está em conformidade com a legislação em vigor em matéria de dispositivos médicos.”

Para uma visão mais precisa das possibilidades deste tipo de terapêutica, devemos considerar não só as vantagens, mas também os potenciais desafios, embora alguns destes acabem por não o ser, já que devem fazer parte da vida quotidiana de qualquer pessoa tratada com insulina.

Linha de Apoio Diabetes

Consulte-nos para mais informações

808 788 877

Send an email

Gestão responsável da terapêutica

A recomendação e prescrição do uso da bomba de insulina é feita exclusivamente pelo médico mediante avaliação do utilizador. Os candidatos à terapêutica com bomba devem ter uma boa formação sobre a diabetes, obtendo os conhecimentos necessários para gerir a sua diabetes de forma responsável. A fim de obterem o máximo benefício da bomba, devem ser capazes de gerir o teor de hidratos de carbono e de gordura das suas refeições.

Controlo glicémico rigoroso

Idealmente, as pessoas com uma bomba de insulina deveriam também dispor de Monitorização Contínua da Glicose (MCG), quer integrada na própria bomba, quer separadamente num dispositivo móvel. As pessoas sem acesso à MCG devem testar a sua glicemia, pelo menos, 4 a 6 vezes por dia, todos os dias. Frequentemente, alguns destes testes terão de ser feitos nas primeiras horas da manhã.

Risco de cetose

Com uma bomba de insulina, a infusão de insulina é imediata, não há uma reserva de insulina lenta. Assim, em caso de interrupção, e se não se agir de forma adequada, a glicemia pode aumentar rapidamente e levar à cetose.

Ligação permanente

A utilização de uma bomba de insulina implica a utilização de uma cânula durante todo o dia. Os sistemas atuais, tanto as próprias bombas como os conjuntos de infusão, são concebidos para permitir alguma interação (tais como ligação e desconexão temporárias, diferentes tipos de cânulas, etc.) que minimiza estes pequenos incómodos, que deverão ser compensados compensados pelas vantagens da terapêutica com bombas.

Cuidados com a pele

Para evitar problemas de pele decorrentes da utilização contínua de sistemas de infusão, os utilizadores da bomba devem seguir as instruções da sua equipa de cuidados de saúde. Em alguns casos, é necessário utilizar complementos de higiene e cuidados com a pele.


Dependência técnica

As bombas de insulina são dispositivos médicos certificados, no entanto existe o risco de falhas. Os fabricantes e distribuidores destes produtos em geral oferecem um serviço de assistência técnica que funciona 24 horas por dia, todos os dias do ano, capaz de resolver quaisquer possíveis incidentes. Se for necessário prescindir da bomba, temporariamente, serão seguidos os procedimentos alternativos indicados pela sua equipa de profissionais de saúde para estas situações.